quarta-feira, 7 de março de 2018

ACUSADO DE MATAR ANCIÃO EM QUITERIANOPOLIS MORREU EM JUAZEIRO DO NORTE


O presidiário Francisco Diassis Ribeiro da Silva, vulgo "Pingo de Leite", preso da Justiça da Comarca de Quiterianópolis por crime de latrocínio, morreu nesta quarta-feira (07), quando estava sendo conduzido ao hospital, depois de passar mal na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri, PIRC, também conhecida por Tourão, em Juazeiro do Norte.

Pingo de Leite tinha uma condenação de 25 anos de reclusão por um latrocínio cometido contra um ancião no município de Quiterianópolis. O mesmo durante algum tempo cumpriu pena na cadeia Pública de Independência e depois, no xadrez da Delegacia Regional de Polícia Civil de Taua de onde fugiu em 2012, sendo recapturado em 2015.

Depois, foi recapturado e reconduzido ao cárcere da DP de Tauá de onde fugiu pelo menos mais duas vezes.
Pingo de Leite chegou a ser beneficiado com a liberdade condicional e enquanto estava fora da cadeia sofreu uma tentativa de homicídio, quando foi lesionado com perfurações à faca em sua residência na localidade de Almas, na zona rural de Quiterianópolis.

O crime do qual ele foi vítima aconteceu no dia 25 de outubro de 2016 e depois de sair do hospital ele deixou de cumprir as reprimendas impostas pela Justica e voltou ao xadrez da DP de Tauá de onde conseguiu fugir novamente na madrugada do dia 14 de novembro de 2017, sendo recapturado novamente no dia 22 de novembro de 2017 em um sítio da zona rural de Quiterianópolis.

Após sucessivas fugas, Pingo de Leite foi transferido para a Penitenciária do Cariri  e nesta quarta-feira (07), começou a passar  mal e morreu quando estava sendo socorrido para o hospital Regional de Juazeiro do Norte.
A direção do presídio apura o que causou a morte do presidiário. O corpo está no IML de Juazeiro do Norte.

FONTR: Lindon Johnson

0 comentários:

Postar um comentário