terça-feira, 24 de abril de 2018

POLÍCIA PRENDEU SUSPEITO DE TER PARTICIPADO DE ASSALTOS E LATROCÍNIO EM AIUABA

PM de Aiuaba prende suspeito de latrocínio

A Polícia Militar de Aiuaba prendeu no domingo (22) um homem identificado por Isaac Adiel Souza, já bastante conhecido da área policial pela prática de outros delitos, suspeito de envolvimento em um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido na noite da última sexta-feira (19) na localidade de Curralinho, no Distrito de São Nicolau, na zona rural do município.

Segundo o Sargento Dário, chefe do Destacamento da PM de Aiuaba, Isaac já é bastante conhecido da área policial pois quando era menor foi apreendido diversas vezes pela prática de furtos, assaltos e outros delitos. Agora, o mesmo é suspeito da morte do agricultor Francisco Evangelista de Souza, 51 anos, que teve sua casa invadida por dois indivíduos que anunciaram um assalto e durante a ação efetuaram dois disparos de arma de fogo e um dos tiros acertou o dono da residência que morreu no local ao ser atingido à altura do peito. O crime aconteceu por volta das 23h30, mas a Polícia só foi comunicada no início da manhã do sábado (21).

Antes de assassinar o agricultor Francisco Evangelista, uma outra ação,  uma espécie de arrastão, foi praticada na localidade de São Nicolau por uma dupla armada que realizou vários assaltos, sendo que um deles foi na casa do vereador Francisco Tavares Arraes, que teve sua motocicleta levada pelos marginais, uma Bros, de cor vermelha, placa PMO 7725.

Outros moradores do lugar também foram assaltados, resta saber se essas ações, os assaltos e o latrocínio foram praticados pela mesma dupla.

Suspeito nega envolvimento no crime

Ao ser preso e conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá para a realização do flagrante, Isaac negou envolvimento nos crimes, mas foi reconhecido por pelo menos duas pessoas vítimas do arrastão acontecido em São Nicolau. A Polícia Civil investiga se ele teve participação no latrocínio ocorrido na localidade de Curralinho. A Polícia também está à procura do outro indivíduo que estava na companhia do suspeito.

Lindon Johnson

0 comentários:

Postar um comentário