terça-feira, 12 de junho de 2018

DESENTENDIMENTO ENTRE POLICIAL CIVIL E DELEGADO TERMINOU EM PRISÃO NA CIDADE DE INDEPENDÊNCIA

Fato lamentável aconteceu "segunda feira" 11/06/2018, dentro da delegacia de polícia civil de Independência. Uma discussão entre dois servidores públicos DELEGADO E INSPETOR resultou na prisão do policial Rubens Duarte Fernandes.

VERSÃO DO DELEGADO FERNANDO VEIGA: que o inspetor Rubens teria chegado na delegacia bastante revoltado com às polícias civil e militar, por conta dá morte do Rodrigo Martins à 3 semanas em Crateús. Rubens é casado com irmã dá Karina que era à esposa do Rodrigo.

Segundo dr Veiga o policial teria proferido palavrões e que não estava afim de trabalhar, no calor dá discussão o Rubens teria colocado à mão na arma qua estava na cintura em tom de ameaça, nisso o delegado conseguiu tomar à arma e deu voz de prisão por desacato e resistência.

Crime que cabe fiança, e logo chegou o advogado Zé Almir Claudino Sales para acompanhar o Rubens, foi para Independência o delegado de Novo Oriente: Emerson Faria que fez o procedimento, arbitrou à fiança em 3000 reais, após pagar foi liberado sem à arma e carteira funcional da polícia civil. Todo o procedimento deverá ser lavado para controle interno dá polícia civil CGD.

VERSÃO DO POLICIAL RUBENS: inspetor Rubens conversou com este repórter ontem à noite. Falou que cabe o delegado provar que ele tenha falado mal da instituição polícia, afirmou que desde à morte do RODRIGO ele tem sido coagido e tem provas, falou também que esse procedimento realizado ontem foi só o começo... Em tom de delaçao afirmou que vai fazer muitas revelações contra o delegado VEIGA.

Durante à entrevista o policial sempre muito calmo e sereno falou de trabalho.e procedimentos ilegais que ele fez cometendo à mando do delegado e citou por exemplo: ir sozinho numa viatura de Independência à Crateús para levar presos. Falou também de um médico que foi coagido pelo delegado após à morte do RODRIGO.

Rubens falou que já tinha procurado conversar com o delegado Marcos Aurélio, chefe do DPI Norte sobre sua situação, deixou transparecer que está com problemas de saúde desde à morte do RODRIGO.

Fizemos esse texto após ouvir as duas versões, ouvimos o delegado numa entrevista concedida ao repórter e blogueiro TONY SALES, pessoalmente gravei com o inspetor Rubens.

Policial deve ficar afastado até que seja resolvido essa situação.

TEXTO DE ANTÔNIO FONTENELE

0 comentários:

Postar um comentário