quarta-feira, 27 de junho de 2018

EX PRESIDIÁRIO FOI EXECUTADO A BALA NA CASA DE SUA AVÓ EM AIUABA

Ex-presidiário foi assassinado em Aiuaba

Isac Adiel Souza Cavalcante, foi assassinado a tiros na noite da segunda-feira (25) no interior de sua residência na Rua Rodrigues Macena, 58, no Bairro Bela Vista.

Por volta da meia noite a PM de Aiuaba recebeu a informação que no citado endereço, havia acontecido um crime. Quando a equipe comandada pelo Sargento Dário chegou ao local, se deparou com a vítima caída ao chão num dos cômodos da casa onde morava e já em óbito.

Familiares informaram que o crime foi praticado por dois homens desconhecidos que invadiram a casa e atiraram contra Isac, que morreu instantaneamente, depois, os atiradores fugiram tomando rumo ignorado. No local foram encontrados dois projéteis provavelmente de revólver calibre 38.

O rabecão da Perícia Forense foi acionado e conduziu o corpo para o IML de Tauá.

A Polícia realiza diligência à procura dos assassinos.

Isac havia saído do xadrez da Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá à cerca de uma semana, onde estava preso suspeito de envolvimento em assaltos e latrocínio (roubo seguido de morte) no município de Aiuaba.

Repórter: Lindon Johnson

_______________________________________
Entenda o motivo da prisão do Isac em matéria realizada na época

Polícia Civil de Tauá elucida assalto contra vereador e latrocínio em Aiuaba

Matéria publicada em: 11/05/2018

A Polícia Civil de Tauá com os apoios da PM de Aiuaba e do BP Raio, prendeu nesta quinta-feira, 03, uma dupla acusada de envolvimento em assaltos e um crime de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorridos no dia 19 de abril deste ano, nas localidades de São Nicolau e Curralinho, zona rural do município de Aiuaba.

Uma das vítimas foi o vereador de Aiuaba Francisco Tavares Arraes, que teve sua casa invadida por marginais que agiram com violência e tomaram de assalto a moto e celulares de outras pessoas que se encontravam no local. Depois, os bandidos seguiram para a localidade de Curralinho, onde praticaram um latrocínio, cuja vítima foi o agricultor Francisco Evangelista de Souza, 51 anos, conhecido por Chico, que morreu no interior de sua residência alvejado com um tiro no tórax.

O agricultor e sua esposa foram abordados em casa por três elementos, sendo que um deles ficou montando guarda, enquanto outros dois entraram no quarto do casal, exigindo dinheiro e armas. Durante a ação, tiros foram disparados e um dos balaços acertou o dono da casa que morreu no local. Um dos marginais também saiu ferido por um dos disparos.

Prisões

Um suspeito identificado por Isac Adiel Souza Cavalcante foi detido horas após o crime e desde então permanece preso em um dos xadrezes da 14ª DP de Tauá, mas nega envolvimento nos fatos. Dias depois, também foi preso outro indivíduo de nome Francisco Eduardo Souza da Silva, irmão do Isac, suspeito de ser integrante do bando que praticou os crimes. Com ele os policiais apreenderam um revólver calibre 32.

Investigações

As investigações da 14ª DP de Tauá tiveram continuidade e na tarde de ontem(02), quando uma equipe da Polícia Civil, composta pelo inspetor Willian e escrivão Aloízio Amorim, com os apoios da PM de Aiuaba e do BP Raio de Tauá, prenderam o terceiro envolvido nos crimes, Francisco Ronie Pereira Silva, 28 anos, residente na localidade de Sítio Baixa da Planta, zona rural do Município de Saboeiro e apreenderam em Aiuaba um menor de 16 anos, que também participou das ações delituosas. Um quinto indivíduo conhecido popularmente por Hernandes, que seria o autor dos disparos que mataram o agricultor e feriram o comparsa está sendo procurado.

Motos localizadas

Os acusados informaram a localização das motocicletas usadas na prática dos assaltos e no latrocínio no Distrito de São Nicolau. Os veículos estavam enterrados num local de difícil acesso, numa região serrana, no Sítio Baixa da Planta, município de Saboeiro já na fronteira com Aiuaba. Os veículos foram desmontados e enterrados.

Agora, a Polícia tenta localizar o paradeiro do Hernandes, que permanece foragido.
Local onde as motos foram enterradas é de difícil acesso.

Repórter Lindon Johnson

0 comentários:

Postar um comentário