POLICIAIS CIVIS EVITARAM FUGA DE PRESOS DO XADREZ DA DELEGACIA DE TAUÁ

Policiais Civis evitam fuga de presos do xadrez da 14ª DP de Tauá

Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, frustraram uma fuga de presos que estava prestes a acontecer na noite do último sábado (16).

Por volta das 23h50 os policiais, Craveiro, Albênio e Aluízio, observaram uma movimentação estranha no xadrez 01 da 14ª DP, e quando foram averiguar perceberam que o chuveiro estava ligado, mas não havia ninguém tomando banho, embora um dos detentos tenha informado que um dos companheiros de cela estaria usando o chuveiro.

Desconfiados, os policiais foram averiguar os fundos da cela onde fica o depósito  dos veículos apreendidos e notaram que havia um pequeno buraco na parede, inclusive com um reflexo de luz vindo do interior do xadrez.

De imediato os policiais trataram de remover os presos do local para outro xadrez, mas houve resistência por parte dos detentos e foi necessário o uso do spray de pimenta e a situação ficou bastante tensa.

Na manhã desta segunda-feira (18), Foi feita uma vistoria no local, e outra vez houve resistência dos presos que fizeram um pequeno motim, e tentaram tomar o Spray de pimenta de um dos policiais e se fez necessária novamente o uso da força e somente depois de controlado o motim os presos foram mudados de cela.

Os delegados de Tauá, Gisleian Lima, de Quiterianópolis, Adriano Queiroz, Danilo de Parambu e Emerson de Crateús, reforçaram a equipe e conseguiram controlar a situação e fizeram a transferência dos amotinados para outro xadrez.

Foram removidos os seguintes detentos:

Francisco Chagas Soares Moreira, Francisco Diassis Ribeiro da Silva, (Pingo de Leite), Francisco Alves de Lima, José Edson Lima Filho, Janildo Sousa de Freitas, Leandro de Sousa Santos e Antônio Cláudio Almeida de Sousa Junior, (Junior Parada).

Os policias também apreenderam o artefato que estava sendo usado para cavar a parede da cela, uma espécie de alavanca, feito com eixo de ventilador.

Repórter: Lindon Johnson

Postar um comentário

0 Comentários