REUNIÃO NO SEBRAE DE CRATEÚS PARA PLANEJAR PRODUÇÃO DO MEL DE TODA REGIÃO

Produção de mel deve aumentar no mínimo 50% na região de Crateús

O Coordenador Estadual do Sebrae Paulo Jorge, e o Coordenador do Programa São José, do Estado do Ceará, Raimundo Félix, estiveram na manhã de terça-feira (12) na sede do Sebrae em Crateús.

A reunião debateu o mercado de produção de apicultores, em especial a facilitação da legalidade da inspeções sanitárias, questões ambientais e processos de comercialização e gestão de entidades, além de projetos que já existem.

Em resposta à pergunta do repórter Antonio Fonenele qual é a análise sobre as expectativas do aumento de produção neste ano de 2019, o Coordenador do Sebrae apresenta grande otimismo. "A perspectiva é que a gente aumente no mínimo 50% a produção de mel com relação ao ano passado. Em algumas regiões pode chegar a 80%. Isso é em decorrência do bom inverno, que nós tivemos de chuvas nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, e também trabalho realizado pelo Sebral, que no final das contas beneficia 18 municípios da região", avalia Paulo Jorge.

Já Raimundo Félix afirmou que são resultados da parceria do Sebrae com o Projeto São José. "É o resultado da perspectiva dos nossos apicultores que vão ter um local onde eles possam legalizar essa produção de mel e colocar no mercado com preços melhores, fracionar essa produção também para que possam alcançar melhores preços", afirma.

Em todo o estado, o projeto São José aplica na cadeia produtiva da apicultura, 57 projetos.

Antonio Fontenele/Nathan Loiola

Postar um comentário

0 Comentários