COMERCIANTE PRESO NA CIDADE DE IPUEIRAS ACUSADO DE ATEAR FOGO NO CARRO DE SARGENTO DA POLÍCIA MILITAR

Ainda repercute na região o fato ocorrido na madrugada desta terça feira 21/05/2019, na cidade de Ipueiras, quando o policial militar Sargento Robério pertencente a 2°Cia do 7°BPM, teve o seu veículo (Corolla) incendiado na calçada de residência.

Após o ocorrido a polícia civil  passou a investigar o caso, e chegou até o acusado que acabou sendo preso e encaminhado para a delegacia de polícia civil de Ipueiras onde foi autuado em Flagrante com base no artigo 250 do CP, ficando recolhido em uma das celas da referida Delegacia.
Vale ressaltar que a prisão do acusado é afiançável porém somente pelo juiz.
O acusado preso trata-se do comerciante:. JOSÉ DEUSDET LOPES,  natural de Ipueiras, casado, residente na Rua Cel Manoel Mourão em Ipueiras.   , proprietário de um  restaurante e pizzaria na referida cidade.

Em conversa com a nossa reportagem, a vítima  sargento Robério, disse:   Era umas 18hs , eu estava com a minha família que tínhamos saído para um jantar e quando nós retornamos, ele "acusado" ia me  atropelando, aí eu entrei pra dentro de casa e comentei com a minha esposa  que um carro ia me pegando.
Depois eu saí pra ver quem era, pra ver se eu conhecia, e quando eu cheguei em um determinado local eu de pronto reconheci o carro e disse logo que o carro era do Deusdete, que pra mim  é um cidadão (um cara gente boa) mais quando bebe fica diferente.
Aí eu fui até ao  Deusdete e perguntei a ele, por que ele tinha feito aquilo que ia passando por cima de min, foi quando houve uma discussão verbalmente, daí os meus amigos me chamaram e eu voltei pra casa com minha esposa.
Quando eu cheguei em casa eu resolvi deixar meu carro na calçada da minha casa, e fui dormir, porém quando foi por volta das 3hs da madrugada a minha esposa me acordou dizendo que estavam quebrando meu carro.
De imediato eu saiu pra fora e quando eu abri a porta já me deparei com o carro em chamas.
Mais logo eu desconfiei que poderia ter sido o Deusdete, e pela manhã eu fui a delegacia e repassei o caso para o delegado que veio até a minha casa e através das câmeras de segurança foi visto as imagens do carro do acusado passando na frente da minha residência bem na hora do ocorrido, daí então ele foi localizado e preso.
Eu nunca tive nem um problema com ele, e não entendo por que ele fez isso comigo , disse o policial militar.

Ipaporanga notícias 

Postar um comentário

0 Comentários