MORREU UM DOS FUNDADORES DA FACÇÃO COMANDO VERMELHO NO RIO DE JANEIRO

Morreu no Rio de Janeiro, na madrugada de "quarta-feira"  31/07/2019 o William da Silva Lima, era conhecido por Professor.
William ficou preso durante mais de três décadas e hoje cumpria pena em regime aberto e era monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Nos últimos anos ele contava com o auxílio de um cuidador por estar com a saúde frágil. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, Professor tinha condenações que somavam 95 anos e seis meses de prisão por crimes como assaltos a banco, extorsão e sequestro.
O Comando Vermelho surgiu em 1979, no presídio Cândido Mendes, na Ilha Grande, com o convívio entre presos comuns e políticos. Além de William, Rogério Lemgruber também foi um dos fundadores. Professor era uma espécie de representante dos presos, redigia petições para os detentos e cartas para autoridades. Ele escreveu o livro “400 x 1 – Uma história do Comando Vermelho”, na qual contou o surgimento da facção. Lançada pela editora ANF Produções, um braço da Agência de Notícias das Favelas, a história foi transformada em filme em 2010.
FONTE TUPI

Postar um comentário

0 Comentários