LADRÃO DE OVELHAS PRESO PELA POLÍCIA CIVIL NA CIDADE DE TAUÁ

P
oliciais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, Delegado Gisleian Lima, Inspetores Willian e Arlys, cumpriram na tarde desta terça-feira (05), mandado de prisão em desfavor de Olissonio Olivio de Oliveira, conhecido pela alcunha de Sula, acusado de furto de semoventes na zona rural de Tauá.

O mandado de prisão representado pelo Delegado Gisleian e expedido pelo Juiz da Comarca de Tauá, se baseia no Artigo 155, Parágrafo 6, do CPB.

A prisão de Sula aconteceu no final da tarde de hoje na localidade de Piau, no Distrito do Trici.

Sula vinha sendo investigado desde o dia 18 do mês de outubro, data em que foi flagrado por criadores da região abatendo animais na localidade de Santa Luzia, na zona na rural do município.

Ao ser flagrado por populares, Sula fugiu do local deixando para trás a motocicleta no qual transportava os animais roubados, e as carcaças de duas ovelhas que o mesmo já tinha abatido.

No dia seguinte vários criadores da região registraram Boletins de Ocorrência na Delegacia denunciando furto de semoventes naquela região e nos municípios limítrofes de Parambu e Quiterianópolis, a grande maioria dos roubos atribuídos ao Sula.

Dias depois, ele se apresentou na Delegacia, mas ainda não havia sido expedido o mandado de prisão e foi liberado, mas acabou preso no dia de hoje.

O Delegado Gisleian Lima solicita que outros pecuaristas que foram vítimas de furtos, que confiem no trabalho da Polícia Civil e que registrem sempre o Boletim de Ocorrência e também façam denúncias. Para isso tem o "Disque Denúncia" (88) 9.8134-6884 ou liguem para o 190. Lembra o Delegado, sua identidade será mantida em total sigilo.

Repórter: Lindon Johnson

Postar um comentário

0 Comentários