PAI DO GAROTO BALEADO EM TENTATIVA DE ASSALTO NO MUNICÍPIO DE CATUNDA CONTOU DETALHES NUMA ENTREVISTA

Ainda é de grande repercussão um fato registrado no último domingo 23/02/2020, entre os municípios de Santa Quitéria e Catunda, quando uma família sofreu uma tentativa de assalto onde uma criança de 3 anos de idade (filho do casal) acabou sendo lesionado com um tiro de raspão na cabeça.

O casal Roncaly e a esposa Romana e o filho Renan de 3 anos, residentes na localidade de Paraíso - Catunda , viveram  um momento de terror e desespero .
Nesta sexta feira (28/02), com exclusividade o Blog Ipaporanga Notícias conversou com o senhor Roncaly o qual contou com detalhes como tudo aconteceu e o momento de desespero que o casal passou ao ver o filho sendo atingido com um tiro na cabeça.
CONFIRA:.

RONCALY:. Eu saí aqui do Paraíso, juntamente com a minha esposa e meu filho, por volta das 14h, nós fomos lá para Santa Quitéria para a casa de um irmão de minha esposa, ai quando foi por volta das  18h30, eu chamei a minha mulher pra irmos para casa.
Quando nos estávamos retornando, eu vinha pilotando a moto com meu filho no meio e a  mulher atrás.

Quando a gente passa na ponte do salgado (onde é acostumado acontecer assalto, inclusive ano  passado eu fui até assaltado e ainda levei um tiro nas nádegas), quando a gente passa da ponte do salgado, já na curva da Lagoa da panela, eu vi uma lanterna vim em minha direção mais eu pensava que fosse alguém andando de bicicleta na beira da pista, só que eu já vinha rápido pois como o local e perigoso eu já vinha com medo.

Como eu vinha muito rápido eu já ia me aproximando da lanterna foi quando o cara pulou para o meio da pista e já foi sinalizando a lanterna no meu rosto, só que na hora eu imaginei que fosse um acidente, mais como eu vi que a pista estava limpa, não tinha acidente, então  eu mantive a mesma velocidade, mais quando eu chego mais perto eu vi um cara alto e magro com um revólver apontado em nosso rumo e em seguida o cara disparou dois tiros em nossa direção, daí  quando eu passei lá na frente eu perguntei a minha esposa se ela estava bem, e ela falou que estava, foi quando  ela começou a perceber que estava saindo alguma coisa da cabeça do nosso filho, foi quando ela passou a mão em cima da cabeça do neném, ela viu que era sangue e começou a gritar desesperada dizendo que o neném tinha sido atingido na cabeça, daí eu comecei a entrar em desespero pensando que o meu filho já estava morto, aí quando nos chegamos no Paraíso , eu parei no comércio/Bar do meu pai e imediatamente ele foi pegar o carro na casa dele, e nós socorremos o meu filho para o hospital de Catunda onde lá o médico fez os procedimentos e falou que graças a deus o tiro só tinha pego de raspão na cabeça da criança, foi realmente um milagre de deus.

Ipaporanga Notícias 
Repórter Gonçalinho Rodrigues 

Postar um comentário

0 Comentários