PRESO UM DOS ACUSADOS DA TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM LANCHONETE NA CIDADE DE TAUÁ

Um trabalho conjunto realizado pela Delegacia Regional de Tauá e pelo CPRaio, resultou na elucidação de mais um crime em Tauá com a prisão de um dos acusados de uma tentativa de homicídio acontecida na noite da segunda-feira (09) no Bairro Bezerra e Souza.

O fato aconteceu em frente a uma pastelaria e pizzaria situada na Rua Pedro Inácio de Souza, no citado Bairro.

A vítima foi um funcionário do estabelecimento, identificado como Lucas Matheus Gomes Feitosa, 19 anos, que foi lesionado com dois tiros, sendo um nas costas e outro na axila e se encontra internado no Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima.

Lucas estava na calçada da da pizzaria onde trabalhava
, quando surgiram dois homens numa motocicleta de cor preta e foram logo atirando contra o rapaz que mesmo atingido com dois balaços, correu para o interior do imóvel juntamente com outras pessoas que se encontravam no local e que também correm risco de ser atingidas. Depois, os ocupantes da moto fugiram e tomaram rumo incerto.

Prisão

Na manhã desta terça-feira (10), com base no depoimento da vítima e de testemunhas, a Polícia Civil conseguiu localizar a residência de um dos acusados de com a ajuda do CPRaio efetuou a prisão do Marcos Siqueira de Oliveira, 19 anos, conhecido como Marquinhos, residente próximo ao local do crime.

Ao ser preso Marquinhos negou envolvimento na tentativa de homicídio, mas devido robustez de provas que o incriminam, Marquinhos foi autuado no artigo 121, parágrafo 2º do CPB, combinado com o artigo 14.

Além da prisão do Marquinhos, os policiais também apreenderam dois celulares, sendo um de propriedade do segundo acusado que está foragido. Os celulares passarão por perícia. O inquérito que apura o crime está sendo presidido pelo Delegado Gisleian Lima.

Atuaram na ocorrência: pelo CPRaio, os policiais, Subtenente Volnei, Soldados Carlos, Amarildo e Filgueiras e os inspetores da Polícia Civil, William e Romana.

Repórter: Lindon Johnson

Às imagens de uma câmera de videomonitoramento mostram o momento em que a vítima é abordada pelos atiradores

Postar um comentário

0 Comentários