EDUCAÇÃO DE LUTO EM ARARENDÁ APÓS À MORTE DE UMA PROFESSORA DO DISTRITO DE LAGOA DE SANTO ANTÔNIO

Maria Eunice Marinho de Carvalho, (professora Eunice) 50 anos, residia no Distrito de Lagoa de Santo Antônio - Ararendá. Eunice era funcionária pública municipal e atualmente exercia  o cargo de Secretária escolar da creche escolar do Distrito de Lagoa de Santo Antônio. Eunice estava vivendo a espectativa já que este  ano de 2020, a mesma iria se aposentar por tempo de trabalho. Informações colhidas pelo Blog Ipaporanga Notícias, dão conta que na quita feira (18/06/2020) a Professora Eunice trabalhou normalmente. No dia seguinte sexta feira (19/06) a Professora teria entrado em contato com a diretora da creche onde a mesma Trabalhava informando que naquele dia não poderia ir para o trabalho pois não estava se sentindo bem. Já no domingo (21/06) , por volta das 11h30mim da manhã a professora Eunice foi deitar e não mais acordou, sendo que seus filhos já por volta das 15hs do mesmo dia, foram até o quarto onde a mãe estava, e se depararam com a mesma dormindo. Várias tentativas foram feitas no sentindo de acordar a Professora, maís sem êxito. Ainda no domingo Eunice foi levada ao hospital municipal de Ararendá, onde no dia seguinte segunda feira (22/06), a educadora foi transferida com suspeita de AVC  para a Santa Casa de Sobral  onde estava internada, e por volta das 23h30mim desta terça feira 23/06/2020, a paciente não resistiu e acabou entrando em óbito. Funcionários da Santa casa  onde Eunice estava internada , orientaram a família a fazer o velório da mesma, sem que fosse realizado o velório. Nesta quarta feira (24), o corpo da Professora foi levado para o município de Ararendá de onde seguirá para o cemitério na cidade de Nova Russas onde acontecerá o sepultamento. Eunice era mãe de quatro filhos, dos quais um reside no Rio de janeiro e os outros três residiam com a educadora. A morte de Eunice pegou todos de surpresa e causou uma grande comoção dentro do pacato Distrito de Lagoa de Santo Antônio onde Eunice residia, trabalhava e era muito querida. A prefeitura municipal de Ararendá, em nome do prefeito Aristeu Eduardo publicou uma nota de pesar lamentando a morte da Professora. A família da Professora agora aguarda o resultado do laudo médico que deverá sair nos próximos dias e que irá constatar a verdadeira causa morte. Matéria do repórter Gonçalinho Rodrigues Gonçalinho Rodrigues

Postar um comentário

0 Comentários