ESPOSA DO TAMBORILENSE ASSASSINADO EM MONSENHOR TABOSA ENTREGOU ARMA E MUNIÇÕES PARA A POLÍCIA CIVIL

Obfato ocorreu na segunda feira  29/06/2020, por volta das 20:00, quando os PMs foram  acionados pelo Delegado Dr Luiz Artur  de Monsenhor Tabosa, informando que a  Senhora:  Alberlandia de Mesquita Andrade, 30 anos, , Natural de Monsenhor Tabosa,  Casada, Residente na Rua Joavina Moreira de Araújo, N°485, Bairro Monte Azul, Tamboril,  que sua Cunhada Orlândia Braga de Souza, Nascida aos 18/10/1981, Natural de Monsenhor Tabosa ,Residente Rua Major Ventura , N°06, no  Centro de Monsenhor Tabosa,  a qual seria proprietária da Arma supra-apreendida, e  disse para o Delegado que queria apresentar sua arma de fogo. Que Orlândia teria relatado aos Policiais Civis, que não tinha mais interesse na propriedade da referida arma, em razão dos acontecimentos que vitimaram seu companheiro (Carlinhos Seguros que foi assassinadato em Monsenhor Tabosa), e  entendeu por bem entregar a referida arma a sua cunhada, com a finalidade com que a mesma entregasse a arma a  Autoridade Policial, Que diante dos fatos os policiais militares soldado Artur, soldado Alison  fizeram  diligências até a residência da mesma na cidade de Tamboril e que ao chegar na residência da Alberlandia, a mesma  autorizou os PMs  a entrar na residência e  entregou a arma de fogo, e considerando não ter sido evidenciado  flagrante de crime previsto no Estatuto do Desarmamento, conduziram  todos os envolvidos a delegacia municipal de Monsenhor Tabosa,  para os procedimentos Cabíveis. A Arma foi apreendida e apresentada a autoridade Policial. Material Apreendido: 01 Pistola MarcaTaurus .380. 03-Carregadores( Capacidade para Quinze Munições). 18 Munições Cal.380 Auto+P. sendo que das referidas munições (02)duas foram deflagradas e está somente o estojo. 01 Vareta de Limpeza de Arma de Fogo. Detalhes:. A arma pertencia a senhora Orlândia, esposa do corretor de seguros Carlinhos Seguros que foi executado a bala na manhã do último sábado (27/06) na cidade de Monsenhor Tabosa. Porém vale ressaltar que Orlândia tem posse de arma, mais que devido a morte do esposo a mesma resolveu não querer mais ficar com a arma. Fonte Gonçalinho Rodrigues

Postar um comentário

0 Comentários