ASSASSINO PRESO EM FLAGRANTE POR FEMINICIDIO APÓS MATAR ESPOSA EM TAUÁ

Polícia Civil prende autor de feminicídio em Tauá

A Polícia Civil de Tauá prendeu na manhã desta terça-feira (18), o autor de um crime de feminicídio ocorrido ontem a noite na Rua Ana Gonçalves,  próximo ao terminal rodoviário desta cidade, do qual foi vítima a jovem Gabriela Fernandes Mota, 22 anos, que residia na Rua Hermógenes Alves Caracas no Bairro Tauazinho.

Valdir Claro Rodrigues, 20 anos, foi preso em flagrante delito na Rua Cícero da Cunha, no Bairro Bezerra e Souza, e confessou a autoria do crime. 

Valdir  já tem diversas passagens pela Polícia, uma delas pela morte de um homem quando ele ainda era menor, fato ocorrido em 2017. Depois, já adulto em 2019, Valdir tentou assassinar Gabriela a facadas e acabou preso em flagrante. Por este crime ele estava na prisão de onde havia saído a cerca de uma semana.

Na noite de ontem Valdir que estava determinado a ceifar a vida da ex-companheira, com quem tinha um filho, atraiu Gabriela para o chamado 'cheiro do queijo' e a assassinou a golpes de faca, deixando a arma do crime cravada no peito esquerdo da vítima.

O corpo de Gabriela foi encontrado por um entregador funcionário de uma lanchonete, que passou no local e se deparou com o cadáver. 

Motivação

Ao ser preso o autor do crime contou em detalhes o motivo pelo qual tirou a vida de Gabriela. Ao ser ouvido pela Delegada Plantonista Dra. Anarda Pinheiro, o assassino confessou que durante o tempo em que ficou preso não foi visitado por Gabriela, e tomou conhecimento que a mesma o traía enquanto ele estava no cárcere. 

"Deixei a fava cravada no corpo dela, Gabriela, para servir de exemplo para outras mulheres", disse Valdir ao ser inquirido pela Delegada Anarda.

Após prestar depoimento o assassino foi autuado em flagrante delito por crime de feminicídio consumado e será transferido em breve para uma Unidade Prisional de Estado.

Repórter: Lindon Johnson

Postar um comentário

0 Comentários