MOTORISTA LEVADO PRA DELEGACIA APÓS SE ENVOLVER EM ACIDENTE E FOI AUTUADO POR CRIME DE EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

Fato ocorreu na quarta feira 05/08/2020, quando os agentes do Demutran foram  acionados por populares informando  que havia acontecido um acidente de trânsito na Avenida Joaquim Lopes Pedrosa no semáforo da Padaria Benfica, ao chegar  no loca, os agentes constaram que  havia um senhor de idade bastante conhecido, no caso o senhor  Edmundo, o qual estava  visivelmente embriagado e um outro homem o qual estava caído  na calçada da padaria com escoriações no braço.

O motorista do carro, o senhor  Edmundo estava fora de se e sem condições de conversar, foi quando os agentes  pediram  a chave do automóvel e conduziram  os dois condutores  para a delegacia de polícia civil em Nova Russas, onde lá chegando o delegado expediu uma guia e os dois condutores foram levados  para o hospital de Nova Russas para realizar exames de corpo de delito, e em seguida retornaram  para a delegacia.
Ao retornarem para a delegacia de polícia civil de Nova Russas,  o delegado  informou que estava transferindo a ocorrência para a delegacia regional de Crateús por causa de pane na internet da delegacia.

Logo os agentes  de Trânsito Eliana, Neto Jr  e Amadeu juntamente com o motorista do carro, o senhor  Edmundo e uma filha, ambos  na companhia de um advogado juntamente com o condutor  da moto foram levados para Crateús.
Durante o trajeto os agentes pararam no posto da PRE de Sucesso, onde o condutor do carro foi submetido ao teste do bafômetro e deu positivo.
O condutor do carro , trata-se do:. Edmundo Sabino Mendes, Residente no Bairro Timbaúba - Nova Russas.

 condutor da moto trata-se do:. Auristeles Pinto de Carvalho.
Vale ressaltar que na delegacia, o condutor da Motocicleta resolveu desistir de denunciar a lesão, porém o senhor  Edmundo foi Autuado em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante, por ser um crime afiançável o delegado arbitrou a fiança que foi paga pelo motorista o qual em seguida foi colocado em liberdade.

Fonte Gonçalinho Rodrigues 

Postar um comentário

0 Comentários